xícara - cup - taza - Кубак - vaso - coppa - kopp - الكأس - tasse - beker - fincan - גלעזל - κύπελλο - pehar - чаша - kupillinen - cawan - чашка - kop - koppie - kikombe - գավաթ - chávena - filxhan - kopa - কাপ - 컵 - kup - kuppi - カップ- cốc - inkomishi


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Paul Cezanne (2)

Mais um quadro de Paul Cezanne, pintor pós-impressionista francês (1839-1906). Data de 1871 e faz parte da coleção do armador grego Stavros Spyrus Niarchos.




Dezembro de 2016


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Emile Alfred Dezaunay

Pintor francês (1854-1938) impressionista, Dezaunay deixou uma vasta obra. Durante sua vida participou de inúmeras exposições. 


Óleo sobre tela intitulado "Tea time".

Xícara brasileira


Xícara de café da marca Porcelana Steatita. Porcelana branca, decorada com logotipo do La Clav (restaurante e salão de chá) situado na Vila Guilherme em São Paulo, SP. Frisos pretos. Coleção Dina Faria. 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

É preciso esvaziar a xícara

"Para provar novos chás, é preciso esvaziar a xícara.”
Foi o que disse, um dos poetas que mais mexem com o meu coração,
Caio Fernando Abreu.
E é verdade!!
Não se coloca na mesma xícara, outro chá,
se aquele que antes estava, não for degustado.
Não se cabe dois sabores, em um mesmo lugar,
Mas a minha xícara, ainda está cheia de você.
Não tive coragem de te perder.
E  fui tomando pequenos goles, apenas para saciar a minha vontade,
quando  então já sabia da sua ausência.
Não o bebi todo… Não o saboreei todo,
porque preciso ainda,
da sua presença em mim.
Mas o chá de você, não está mais quentinho.
Não me aquece mais… não me dá aquele cheiro bom.
Que meu nariz, enlouquecia de prazer.
A fumaça do seu amor, já não aparece.
E eu aqui, ainda tentado te segurar nessa xícara de sonhos.
De rosas perfumadas que criamos.
Só para nos embriagarmos de amor.
Cada gole, era um beijo doce e quente.
E  hoje é tão gelado e sem sabor, que me dá arrepios.
Mas não tive coragem de te jogar fora.
O Caio está certo!!
É  preciso esvaziar a minha xícara de sonhos.
Para que eu volte a sentir, o doce sabor do amor.

Texto de Dayse Sene, publicado originalmente no blog da autora em 12 de fevereiro de 2013.

Um belo par para o seu lanche


Conjunto de xícaras para chá e café, com prato de bolo da marca Porcelanarte (anos 1960). 

Xícara brasileira


TRIO para chá composto de xícara, pires e prato de bolo da marca Porcelanarte (anos 1960). Porcelana branca, pintada de amarelo. todas as peças com ramos de rosas bordô e amarelas. Base e asa da xícara e frisos dourados. 

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Xícara brasileira


Mini-xícara de café de porcelana branca sem marca, presente de meus amigos Almir e Susana Maia, trazido de Foz do Iguaçu. Decorada com ramos de flores azuis. Frisos e asa em dourado. Pires sextavado.