xícara - cup - taza - Кубак - vaso - coppa - kopp - الكأس - tasse - beker - fincan - גלעזל - κύπελλο - pehar - чаша - kupillinen - cawan - чашка - kop - koppie - kikombe - գավաթ - chávena - filxhan - kopa - কাপ - 컵 - kup - kuppi - カップ- cốc - inkomishi


quinta-feira, 23 de março de 2017

O chá da rainha


A rainha da Inglaterra é conhecida pelo seu hábito de tomar chá e isto só poderia ser feito em belas xícaras. A 6ª foto é de um serviço de chá feito especialmente para comemorar a coroação da rainha em 2 de  junho de 1953. Vejam alguns momentos.

"Made in China"

Xícara de café "Made in China", mas comercializada nos Estados Unidos. Presente de uma amiga que esteve em New York. Porcelana branca decorada com fotos de dois conhecidos cartões postais da cidade: Empire State Building e Estátua da Liberdade. Sem pires. 


Consistência do chá

Sempre que eu amo alguém eu faço chá. Quando eu digo que amo não quero dizer que amo, meu amor é diferente, é como o amor das pessoas que bebem chá de maracujá: calmo, quieto, e preguiçoso. Eu amo as mulheres como bebo uma xícara de chá quente: devagar e intenso. Coloca o sachê na xícara, derrama a água fervida, coloca açúcar e mexe. Isso, mexe. 
Essa é uma prosa sobre uma mulher que enquanto mexia seu chá, mexia seu corpo todo, e sobre eu, que só queria ser aquela colher. Toma cuidado pra não queimar a boca, moça, me bebe devagar. Mexe mais um pouco.
Chá de camomila a gente toma quando tá doente, e como o chinês da Tiê diz enquanto toma seu chá verde: “fica feliz que vai funcionar”. Me diz, você ta feliz assim? 
Eu devia ter escrito um poema, mas eu estava preparando um chá inglês, porque meu chá gelado de limão acabou, e pensei em quando eu quebrei uma das minhas canecas favoritas. Aquela outra moça se preocupou tanto com a minha caneca. A maioria das pessoas teriam ignorado e continuado a tomar seus chás pretos e fortes. 
O chá de hortelã é tão leve quanto porcelana. Quando chove eu tomo chá de morango, e tomo chá mate gelado para sobreviver de manhã. 
Mas a verdade é que enquanto aquela moça mexia seu chá de camomila e seu corpo, eu não pensava em ser colher, eu tava é pensando em chá gelado de pêssego. A consistência do chá se baseia em nossas vidas, meu chá ficou aguado.

LÊ FRANÇA

Crônica publicada originalmente no blog: https://cronicasamorasdohomemquevegeta.wordpress.com

sexta-feira, 10 de março de 2017

Xícara paraense (mais uma)


Mais uma xícara de café que me foi presenteada por uma amiga ao voltar de viagem a Belém do Pará. Foi comprada em uma feira de artesanato na capital paraense. Cerâmica escurecida, com faixa grega na cor creme. Sem pires.

quarta-feira, 8 de março de 2017

George Goodwin Kilburne

Pintor inglês, Kilburne (1839-1924) especializou-se em retratar interiores precisos, desenhados com figuras. Ele trabalhou com aquarelas, óleos, lápis e - em sua carreira precoce - gravuras. Suas pinturas retratam frequentemente as classes superiores e as mulheres vestidas na última moda do final do século 18 e do início do século 19. A representação desta forma de beleza era caracterizada pela atenção aos detalhes com o vestido e os interiores ricamente decorados.
O trabalho de Kilburne pode ser visto hoje em dia em muitas galerias públicas e particulares, incluindo a Galeria de Arte Walker em Liverpool, a Galeria de Arte da Cidade de Manchester e a Galeria de Arte de Sheffield.
Os dois quadros têm o mesmo nome: "Taking tea".

Xícara brasileira


Xícara de café sem marca. Porcelana branca decorada com logotipo do Alvorada Palace Hotel de Poços de Caldas, MG. Frisos pretos e dourados na xícara e  pires. 

sexta-feira, 3 de março de 2017

Só os japoneses, inventivos como só eles

Interessante esta xícara de chá da marca Kedo (japonesa). Além de ser bonita, tem um detalhe muito útil: Um botão colocado na lateral, que serve para prender o saquinho de chá, não deixando que ele vá com a cordinha para dentro da xícara. Cada xícara vem com 3 botões, de cores diferentes, para trocar quando quiser.


Xícara brasileira


Xícara de café da marca Porcelana Steatita. Porcelana branca decalcada com o logotipo do restaurante “O Compadre”, especializado em comida mineira e localizado no estacionamento do Shopping Lar Center, Vila Guilherme, São Paulo. Friso azul largo na xícara e pires. O pires tem também frisos prata.

Março de 2017